Compatibilização

doc-viagem

Planejamento de viagem

Compatibilização, algo muito utilizado em varias áreas, na construção civil, onde atuo, é muito utilizada quando falamos sobre os vários projetos que compõe uma edificação e que tem que ser compatibilizados para que um não interfira negativamente no outro, por exemplo uma tubulação de esgoto descendo exatamente onde há um pilar, ou uma tomada disputando espaço com uma torneira. E surpreendentemente chegou a hora de fazermos a compatibilização da nossa viagem, nunca pensei que isso seria imprescindível, mas é, chegou a hora de harmonizar varias questões:

  • O itinerário, com a passagem volta ao mundo, com o clima dos locais, com o tempo dos vistos;
  • As malas, com nossa capacidade de transportá-las, com o que é indispensável, com o que imaginamos que vamos enfrentar, com o que queremos levar, com a negociação que temos que fazer com as crianças sobre seus brinquedos;
  • O tempo que nos resta antes da partida, com o que precisamos realizar profissionalmente, com os projetos que necessitam de conclusão ou de continuidade, com as saudades antecipadas dos amigos e parentes, com reuniões de novas propostas e projetos que acontecem em função da própria viagem, com as programações de festas de despedidas (dos parentes e amigos que moram em Curitiba, dos parentes  e amigos que moram no Rio de Janeiro, dos amigos da escola da Sofia, dos amigos da escola do Caio …);
  • Das varias questões documentais,  o que levar para os muitos vistos que serão necessários em transito, o que deixar para que as coisas continuem andando normalmente por aqui (procurações, documentos contábeis, correspondências…), a antecipação dos documentos para a declaração do imposto de renda do próximo ano, dos vencimentos das habilitações, a minha por exemplo, vence em julho de 2017 e a habilitação internacional é emitida com o mesmo prazo de validade da nacional, para resolver essa questão estou fazendo aulas para incluir a habilitação em moto e assim renovar minha habilitação por mais 5 anos.

Há um numero enorme que questões que exigem ser harmonizadas para que possamos partir, levando em consideração que estaremos em países estrangeiros durante 13 meses.

A aventura começa muito antes do inicio da viagem.

Leia também: Sobre Nós

7 Respostas para “Compatibilização

    • Olá Luciana
      As crianças ficarão um ano sem a escola formal, o Caio está no infantil III e não tem conteúdo que vá perder, assim quando retornar em 2018 volta a acompanhar a sua mesma turma no infantil V, já a Sofia finaliza o segundo ano e retorna em 2018 no terceiro ano. Em relação aos seus colegas de turma estará um ano atrasada, mas fomos conversar com a coordenadora pedagógica da escola para verificar qual o melhor procedimento a tomar para que ela não esqueça conteúdo e/ou apresentarmos os conteúdos do terceiro ano, ela nos sugeriu não interrompermos a rotina da viagem com conteúdo que fuja do contexto, dessa forma a Sofia terá lições de português fazendo um diário de viagem, traduzindo materiais que teremos contato de outros países e na matemática fazendo conversões de moedas, calculando distâncias, horários e outras questões relacionadas a própria viagem.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s