Bélgica, sede da comunidade européia

Depois de Paris onde já estivemos outras vezes e de Luxemburgo onde fomos acolhidos por amigos, a Bélgica foi o primeiro país na Europa que precisamos estudar o roteiro, além das dicas de nossa amiga Debora para aproveitarmos os dias. Começamos por Bruxelas, a ‘capital’ da comunidade européia.

Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, Bruxelas é um importante centro de política internacional. A presença das principais instituições da União Europeia, bem como da sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), fez da cidade uma sede poliglota de muitas organizações internacionais, políticos, diplomatas e de funcionários públicos, além de muito imigrantes. Oficialmente se fala o francês e o holandês, mas na verdade se houve diversos idiomas. O país também é muito conhecido por seus chocolates e cervejas.

Nos hospedamos num pequeno apartamento perto do centro e podemos conviver com a família proprietária que vivia em cima de nós e tinha um comércio de carnes e comidas prontas abaixo.

Seus dois principais pontos turísticos definem a excentricidade da capital belga: o Atomium (a Torre Eiffel belga), grande monumento construído na década de 50 e o Manneken Pis, a estátua do garotinho que faz xixi (localizada no centro histórico). Ficamos na cidade apenas 2 dias, tempo suficiente para curtirmos e seguimos para a encantadora Bruges.

Bruges é uma cidade medieval no nordeste da Bélgica e cheia de canais como Veneza. Aliás, particularmente nós achamos mais simpática do que a cidade italiana. Seu centro histórico é desde 2000 Patrimônio da Humanidade e lá como diz nosso amigo Valdo, você parece estar num conto de fadas. A cidade é toda lindinha e cheia de detalhes. Nos hospedamos fora do centro, na casa de uma família super fofa composta por um casal e 4 filhos. Chegamos no final da tarde, Caio estava dormindo e Jonny (o pai) nos ajudou com as malas e ainda levou o Caio no colo pra cama. ;o). O quarto das crianças tinha DVD e vários brinquedos (que tinham sido dos filhos) e foi uma luta convencer as crianças a sairem para passear.  No dia seguinte, eles nos emprestaram suas bicicletas e pudemos explorar bastante a cidade e seus castelos como os moradores de lá. Ficamos somente 3 dias e partimos para Antuérpia.

A cidade de Antuérpia famosa por seu porto com grande importância histórica na Europa e pela lapidação de diamantes, é também é uma cidade jovem, descolada, cosmopolita e com uma excelente energia. Desta vez ficamos num hotel, grande rede tradicional, mas logo na entrada nos deparamos com Martim, um recepcionista peruano, noivo de uma Belga que vive lá ha 4 anos e adorou falar espanhol conosco. Ele nos sugeriu almoçarmos em ‘Bocadero”. Estava sol e partimos pra lá.

O Bocadero fica numa área revitalizada do porto,  onde tem vários restaurantes com diversos tipos de comida.  Recriaram um clima de praia e apesar de você estar na beira do Rio pode tomar uma bebida, acompanhado de comidinhas/picadas com os pés na areia, sentado numa espreguiçadeira e curtindo o sol da primavera. As 3a feira tem salsa a partir das 20h e ainda um parquinho para as crianças curtirem enquanto você também curte. Nem precisa dizer que fomos lá todos os dias né ? ;o)

Claro também passeamos pelo centro histórico e visitamos os pontos turísticos tradicionais, tais como: a Estação Central, a Catedral, portal Chinês, o Grote Markt, Middelheimpark, as diversas esculturas que estão pela cidade com destaque para estátua de Brabo – um herói mitológico ligado a história da Antuérpia. Reza a lenda que Brabo travou uma luta com um gigante que cobrava impostos de quem navegava pelo rio Escalda. O gigante foi morto e teve sua mão cortada e jogada no rio. Dizem que é essa a origem do nome da Antuérpia. ‘Hand werpen’ – mão arremessada em neerlandês.

Finalizamos nossa visita à cidade pelo zoológico, que é lindo, um pouco antes de partirmos para nosso novo destino – Holanda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s